/Fux diz que CNJ vai acompanhar investigações e que vê com pesar assassinatos de Bruno e Dom

Fux diz que CNJ vai acompanhar investigações e que vê com pesar assassinatos de Bruno e Dom

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luiz Fux, afirmou que o CNJ vê com pesar os assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips na Amazônia. Fux disse ainda que um grupo de trabalho do CNJ vai acompanhar as investigações do caso.

A Polícia Federal informou na noite de quarta-feira (15) que Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como “Pelado”, confessou ter assassinado o indigenista e o jornalista, desaparecidos na Amazônia desde 5 de junho.

A PF encontrou restos mortais em um local indicado por Amarildo – ele e o irmão estão presos. O material será encaminhado para perícia em Brasília a fim de confirmar a identificação das vítimas.

Na nota, Fux afirma que “os Observatórios de Direitos Humanos e do Meio Ambiente do Conselho Nacional de Justiça manifestam profundo pesar diante das informações da confissão dos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Philips”.

“O Grupo de Trabalho criado no âmbito do CNJ vai acompanhar os desdobramentos e a efetiva punição dos eventuais culpados, para garantia da célere prestação da Justiça”, completou o ministro.

Fonte: G1