/Vale-gás passa a pagar valor médio integral do botijão em agosto

Vale-gás passa a pagar valor médio integral do botijão em agosto

Os beneficiários que recebem o vale-gás no valor de 50% do botijão de 13 kg, passarão, a partir de agosto, a receber o valor integral da unidade. O pagamento do preço total valerá somente até dezembro de 2022.

Sendo pago a cada dois meses, as famílias que estiverem aptas a usufruir do benefício receberão o valor integral do botijão inteiro nos meses de agosto, outubro e dezembro. Após esse período, em 2023, voltarão a receber o valor referente a 50% do botijão.

Os pagamentos serão feitos nos dias equivalentes ao recebimento do Auxílio Brasil, seguindo o calendário de acordo com o Número de Identificação Social (NIS) que vai do 1 ao 0. Os beneficiários podem consultar o calendário no aplicativo Caixa Tem ou no próprio app do Auxílio Brasil. 

O Governo antecipou o pagamento do Auxílio Brasil referente a agosto do dia 9 até o dia 22, diferente do que estava previsto anteriormente – que seria de 18 a 31 de agosto. 

O aumento no valor do pagamento faz parte do pacote social pré-eleitoral criado pela “PEC Kamikaze”, aprovada no dia 14 de julho.

QUEM TEM DIREITO

  • Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R$ 606);
  • A lei estabelece que o auxílio será concedido “preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência”;
  • Famílias que tenham entre seus membros residentes no mesmo domicílio quem receba o Benefício de Prestação Continuada da assistência social, o BPC, que prevê um salário mínimo mensal (R$ 1.212) à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção nem a família.

Por: Redação ANH/AL.